População cristã na síria vivem situação crítica

A Síria está em guerra civil há mais de dois anos. A situação de seus habitantes – inclusive dos cristãos, que representam cerca de 10% da 2619137população – é crítica.

“Os cristãos que moram próximos uns dos outros se reúnem para orar. Homs é uma cidade fantasma, e a situação das pessoas não é estável. Os cristãos que foram embora de Homs souberam depois que suas casas foram invadidas e saqueadas. As pessoas da cidade não dispõem de recursos nem mantimentos, e isso torna a situação desesperadora”, comenta um cristão sírio.

Alguns cristãos querem deixar o país, mas outros dizem que não há como deixar. Eles afirmam: “Nascemos e crescemos aqui, e aqui vamos ficar, não importa o que aconteça, mesmo que tenhamos de morrer”.

Vários pastores compartilham o temor que muitos cristãos têm sobre uma possível queda do governo do presidente Assad, o que pode piorar drasticamente a situação deles. Em geral os cristãos encontram força na sua fé e tentam manter sua atitude positiva confiando que Deus tem uma resposta e trará a paz à Síria novamente. “A Igreja está orando sem cessar. Oramos muito e confiamos na poderosa mão de Deus”, comenta um dos pastores da capital, Damasco.

Fonte : Portas Abertas

Deixe uma resposta