IURD irá processar jovem que passou trote no “Fala que eu te Escuto”

Depois de um trote feito no programa “Fala que eu te Escuto” da última terça (30), quando um rapaz mostrou seu bumbum na webcam, a Igreja Universal do Reino de Deus decidiu abrir um processo.

Curta o nosso ═►  Facebook
Nesta ultima sexta (02), o bispo Clodomir Santos, responsável pelo programa transmitido pela Record, confirmou que a Igreja irá processar Grazielle Consentini e seus pais. Eles serão responsabilizados civil e criminalmente pelo episódio.
A menina estava no ar pelo Skype, falando sobre o tema obesidade infantil quando um jovem não identificado apareceu nu de costas na tela por alguns segundos.
O pastor André Cajeu, que apresentava o programa, cortou a imagem e sentenciou: “Algumas pessoas não têm nenhuma vergonha na cara”.
O programa de sexta do “Fala que eu te Escuto” convidou um advogado para participar, explicando quais processos podem e serão feitos: “Exposição ao ridículo de uma emissora de grande abrangência, além de dano moral e material, que pode acarretar em três meses a um ano de prisão”, explicou ele.

O bispo Clodomir disse saber que a mãe da menina estaria “desgostosa com tal situação [o trote]”. Também se pronunciou o bispo Antônio Bulhões, que participava da atração. “A menina não deve ter tido uma educação adequada, os pais não devem ter dado a atenção necessária para ela, tanto que ela é intelectualmente incapaz de pensar seriamente”, comentou o bispo.

Assista a resposta do Bispo Clodomir ao trote feito:

Assista o vídeo do trote.

Deixe uma resposta