Grã-Bretanha enfrenta pior tempestade em 10 anos

Ventos podem chegar a mais de 130 km/h, alertaram os meteorologistas

Chegada da tempestade deixou ondas agitadas na região costeira de BrightonChegada da tempestade deixou ondas agitadas na região costeira de Brighton (Leon Neal/AFP)

A Grã-Bretanha enfrenta um verdadeiro caos nesta segunda-feira, horas depois da chegada daquela que vem sendo chamada de a pior tempestade a atingir o país nos últimos 10 anos. De acordo com o Centro Nacional de Meteorologia da Grã-Bretanha, a chuva e rajadas de vento provocaram a queda de árvores, danos em edifícios e interrupção de fornecimento de energia e de transportes à medida que uma tempestade atingiu a costa sudoeste da Inglaterra na noite deste domingo.

A chuva prevista para cair por mais de seis horas deve provocar inundações localizadas. A tempestade será seguida por rajadas generalizadas entre 97 e 113 quilômetros por hora no sul da Inglaterra nesta segunda-feira, com ventos chegando a mais de 130 quilômetros por hora em algumas regiões, alertaram os meteorologistas.

No noroeste da França, mais de 10 000 casas ficaram sem energia elétrica nesta segunda-feira depois que as rajadas de vento atingiram 133 quilômetros por hora, derrubando linhas de energia, mas sem grandes danos ou ferimentos.

Os principais aeroportos de Londres anunciaram a interrupção de voos. O aeroporto de Heathrow espera cerca de 30 cancelamentos.

(Com Estadão Conteúdo)

Deixe uma resposta