Raquel Oliveira uma história de Milagres e poder de Deus

Ela não podia engravidar, no seu terceiro parto de gêmeos  enfrentou uma gravidez de risco, passou por sérios quadro de Hemorragia incontrolável ,   após o parto desenganada pelos médicos, ficou entre a vida e a morte, em menos de 1 mês se submeteu a três cirurgias, um de seus bebês   também foi dado como morto, chegou a ficar 2 meses internado,  hoje Raquel Oliveira mãe de 4 filhos , forma uma abençoada família, e testemunha uma História  de Milagres e poder de Deus.

  Minha vida, um milagre.

525781_362133970538177_66668034_n

Raquel Oliveiira,uma
história de Milagre e poder de Deus

Muitos diziam que eu não poderia engravidar, diziam que eu era frágil.

Aos dezenove anos engravidei da minha primeira filha, diziam que eu não podia ter parto normal. Minha gravidez foi saudável e tive parto normal.

Depois de um ano tive a minha segunda filha, de parto normal também.

Muitos diziam que eu não conseguiria, queriam dar a última palavra na minha vida, mas Deus tinha um plano maravilhoso para mim e para minha família.

Em abril de 2012 passei muito mal, tive uma hemorragia.

Procurei um ginecologista que me examinou e disse que eu estava com mioma.1379493_10200547579486261_179218288_n

Fiquei espantada, pois mioma é uma doença muito ruim, sofre muito.

Mas comecei a ficar enjoada, tive queda de pressão, achei que eu estava seriamente doente.

Comecei a reparar que minha barriga estava crescendo, minha irmã começou a reparar e perguntou se eu estava gravida. Fiquei confusa, pois eu tinha desconfiado que eu pudesse estar gravida, mas como tive hemorragia, eu descartei essa possibilidade.

Procurei uma clínica para fazer uma ultrassonografia, pedi para o médico ver  se eu estava com mioma .

Ele me respondeu: Você não está com mioma, você esta grávida.

Não acreditei, meu marido estava desempregado, eu já tinha duas filhas.

E eu disse: que isso doutor como assim, três filhos não dá. E ele me respondeu: três filhos não, quatro filhos, são gêmeos.

Não acreditei, entrei em pânico , meu esposo não se mexia, ficamos apavorados.

Saímos do consultório sem dar uma palavra, mil coisas vinham ao meu pensamento.

O que eu iria fazer com quatro filhos, eu e meus esposos tão novos, apenas vinte quatro anos e com quatro filhos.

Sai do consultório com a noticia de que minha gravidez era de risco, estava com um hematoma no útero e que podia perder os bebesa qualquer momento.

Comecei a fazer o pré-natal e a medica estava muito preocupada com meu estado.

Eu poderia ter um parto prematuro, tinha que ter o máximo de cuidado.

Foi passando os meses, e o medo e a angustia me tomavam, o desespero de ter um parto prematuro e meus bebês não resistirem.

Completei 34 semanas , e o que eu mais temia aconteceu, no dia 3 de outubro , às 2 horas  da manha, minha bolsa se rompeu.

Senti um medo tão grande, comecei a me tremer  e chorar.

Arrumei as coisas, deixei minhas filhas na casa da minha mãe e fui para o hospital.

A sensação de que eu não voltaria mais me tomou completamente.

Fui para a enfermaria, comecei a sentir contrações, passou algumas horas e fui para a sala de parto.

Meus bebês nasceram, ouvi somente o choro de um bebê, lembro que vi o medico passando com o outro bebê nas mãos, era tão pequeno, ele não se mexia e estava todo roxo.

1186311_10200547574686141_1532679372_n

Não pude ver meus bebês, não pude senti-los, abraça-los e beija-los.

Foram levados para a UTI com urgência.

O Encontro com a Morte

1382986_10200547577846220_293615112_n

Fui para a enfermaria, minha pressão caia o tempo todo.

Os médicos vinham me examinar, e eu via seus rostos de preocupação.

Meu útero não estava contraindo, eu estava com muita hemorragia, uma dor horrível.

O sangramento não parava, eu entrei em desespero e segurava a mão da minha mãe e falava que eu não queria morrer.

Minha mãe aflita começou a orar, eu pedia a Deus pra não me levar.

Eu sentia a morte me puxando, senti o frio dela.

O médico veio e disse que teria que me levar para uma segunda cirurgia para a retirada do útero.

Não acreditei que eu teria que passar por outra cirurgia, fiquei apavorada.

Fui para a sala de cirurgia, tomei a anestesia geral, e nesse momento, duramente a cirurgia eu ,me lembro de estar  no fundo do mar, era um mar amarelado, e no alto estava meu esposo e minhas filhas, e eu tentava nadar para cima, para poder chegar ate eles.

Acordei no dia seguinte e estava na enfermaria.

Eu sentia uma dor tão forte na minha barriga, era uma dor terrível,

Minha pressão estava baixa. Sentia as veias do pescoço endurecer.

O sangramento não passava, eu pedia socorro para as enfermeiras, e segurava a mão de uma delas e pedia pra não morrer, pude ver seus olhos encherem de lagrimas.

O doutor vendo meu sofrimento chamou o outro doutor para me examinar.

Meu marido entrou na sala e acariciou minha cabeça.

Pude perceber sua preocupação. Eu dizia a ele que eu não queria morrer.

O medico pediu para ele ir se despedir de mim, pois eu seria levada para a terceira cirurgia, e tinham grandes chances de eu não voltar mais.

O Reencontro com a Vida

8224683080_e6e9a6a7a2

A igreja se uniu em oração, amigos orando, minha família indo ao monte.

Muitos acreditavam que eu não conseguiria.

Pessoas que eu nem conhecia oraram por mim.

A fé de muitos foi renovada, Pessoas que tinham tempo que não falavam com Deus, colocou sua fé em ação.

Deus estava comigo, ele tratou de mim. Anjos estavam ao meu redor.

Três pessoastiveram a mesma visão, de dois anjos, um com as mãos na minha cabeça, e o outro com as mãos nos meus pés.

Deus fez o milagre, no dia seguinte acordei , retiraram o tubo, e consegui falar.

Minha primeira palavra foi, porque estou amarrada?

Eles me amarraram porque eu me mexia muito e poderia complicar a cirurgia.

Fui me recuperando, recebi vários transplantes de sangue.

Pessoas que trabalhavam no hospital iam me visitar chorando, pois não acreditavam que eu fosse viver, eles viram e reconheceram que o que aconteceu comigo e meus filhos foi milagre de Deus.1382357_10200547579926272_823305097_n (1)

Fiquei quinze dias internada, me recuperei rapidamente, os médicos ficaram espantados com a minha recuperação rápida.

Um bebê foi para casa e o outro continuou no hospital por dois meses.

1378798_10200547578606239_849632736_n

UMA HISTÓRIA DE MILAGRE E PODER DE DEUS

Hoje meus filhos estão com um ano, não tiveram sequela nenhuma, são saudáveis e fortes.

O homem quis dar a última palavra na nossa vida, mas a última palavra é de Deus.

1374092_10200547588366483_1937688576_n

Deixe uma resposta