Após 7 anos de luta senado enterra PLC 122/06

contrapl1221Apos 7 anos de luta dos evangélicos finalmente foi aprovado nesta terça-feira (17) no Plenário do Senado, com 29 votos favoráveis, 12 contrários e 2 abstenções, requerimento do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) para que o PLC 122/2006, que dava privilégios a homossexuais, seja apensado, ou seja acrescentado, ao projeto de reforma do Código Penal (PLS 236/2012).

O senador Eduardo Lopes destacou que o Código Penal já engloba o assunto ao tipificar a intolerância, o racismo e todo tipo de violência.  Explicando que, por tratarem de assuntos correlatos, não há sentido para que as propostas tramitem separadamente. Em apoio a Eduardo Lopes, o senador Magno Malta (PR-ES) disse que a criminalização da homofobia depende da tipificação desse crime no Código Penal, o que justifica o apensamento.

Veja abaixo a lista com os nomes dos senadores e como votou cada um deles:

Imagem: divulgação

(Com Informações Verdade Gospel)

Deixe uma resposta