(Vídeo) França aprova lei que multa clientes de Prostitutas e gera protestos

Foi aprovada nesta  quarta-feira (4) por  deputados franceses  uma lei que não criminaliza  clientes de  prostitutas, com multa s pelo menos 1.500 euros, cerca de R$ 4,7 mil reais , Sem título vem provocando polêmica no país. Por 268 votos a favor e 138 contra, além de 79 abstenções, eles decidiram passar a medida numa tentativa de combater o tráfico de pessoas.

Cerca de 200 prostitutas expressaram raiva quarta-feira, 4 de dezembro, perto da Assembleia Nacional contra o projeto de lei para punir os seus clientes, passaram pelos deputados.

“As conseqüências desta Lei, incluindo a criminalização dos clientes é cada vez mais empurrando os trabalhadores do sexo no subsolo, ou seja, onde eles são mais vulneráveis ​​a abuso, exploração, para atacar, e isso também é por causa deste esconderijo e insegurança, capacitar os clientes em vez de dar os trabalhadores do sexo. “Encontrado Morgane Merteuil, o secretário-geral do Strass, o sindicato dos trabalhadores do sexo.

Estima-se que existam cerca de 40 mil prostitutas na França – sendo 90% delas vítimas de redes nigerianas, chinesas e romenas de tráfico humano. A cifra que é contestada pelo Sindicato dos Profissionais do Sexo (Strass) que revela um número até dez vezes maior, de 400 mil. Cerca de 15% destes seriam homens. Entre 12% e 18% dos franceses já afirmaram ter pago por sexo.

Veja o Vídeo

 Fonte : Le Monde

Deixe uma resposta