ONDE ESTÃO OS VERDADEIROS MILAGRES ?

ONDE ESTÃO OS VERDADEIROS MILAGRES  ?

Por Pr Jean Max 

Ministro do Evangelho , pastor auxiliar da ADIG (Assembleia de Deus na Ilha do Governador)  Conferencista Internacional  casado com a cantora Mízi Lenne, pai de Três filhos.

Ministro do Evangelho , pastor auxiliar da ADIG
(Assembleia de Deus na Ilha do Governador)
Conferencista Internacional
casado com a cantora Mízi Lenne, pai de Três filhos.

Patrick Theillier, renomado médico católico encarregado no Vaticano por atestar milagres, afirma que para se considerar uma cura como sendo ou não um milagre verdadeiro é necessário atender um mínimo de cinco exigências:

1- A doença ser grave;

2- O diagnóstico médico não mencionar esperança de cura;

3- Deve obrigatoriamente se tratar de um dano orgânico constatável;

4- A recuperação tem que acontecer de repente e não como resultado de terapia médica;

5- A cura deve ser duradoura.

Observando esse crivo tão rigoroso, perguntei a mim mesmo quais das bênçãos que alcançamos em nossas igrejas (evangélicas) poderiam passar na avalizado do Dr. Patrick Theillier. ENTRE NÓS

EVANGÉLICOS, O QUE CHAMAMOS DE MILAGRE?

aluguel-de-cadeira-de-rodas-natal-rn-7-192895

Um dos principais chavões dos nossos púlpitos diz que milagre não se explica. Eu concordo plenamente com isso. Milagre de fato não se explica. Se de fato milagre é algo inexplicável porque chamamos de milagre coisas que se explicam? Se a minha cura aconteceu depois de uma cirurgia, ela não aconteceu por milagre, mas sim por um procedimento bem sucedido, conduzido por um bom profissional. Essa é a conclusão mais óbvia e racional.

Em Romanos 11:36, a Bíblia diz: Porque dEle, e por Ele, e para Ele são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amém! Diferente do que muitos pensam, esse texto não é respaldo para que chamemos de milagre aquilo que não é milagre. Sendo assim, todo homem que saiu bem de uma cirurgia ou um tratamento, mesmo que não tivesse clamado a Deus para isso, poderia sair por aí dizendo que recebeu um milagre em sua vida. O que não aconteceu. O que o texto de Romano quer dizer é que tudo tem sua fonte em Deus. Ele ajudou os homens a saberem o que sabem hoje. Esse conhecimento e sabedoria foi obtido em Deus, por intermédio dEle mesmo e para louvor e glória dEle.

Alguém pode estar agora se perguntando o que eu quero dizer com tudo isso. Eu vou responder.

O poder de Deus é uma realidade que transcende os feitos dos homens. Quando Deus faz um milagre, Ele age fora das nossas regras. Pense agora na abertura do mar Vermelho. Pense no fogo que desceu do céu quando Elias clamava. Pense em qualquer outro milagre da Bíblia e tente encontrar a mão do homem em algum deles. Você não verá. Nos milagres, Deus age fora das nossas regras. Três homens são lançados numa fornalha de fogo e andam ilesos dentro dela. O pau de um machado atrai o ferro. Isso é fora das nossas regras. Isso é um milagre verdadeiro.

Chamar de milagre o que não é milagre é uma tentativa de esconder quão fraca anda a um nossa fé. Reflita comigo! Se os líderes religiosos admitissem que os milagres desapareceram de suas igrejas, o povo continuaria frequentando seus cultos? E as campanhas intermináveis de milagres que fazemos, o que se dariam delas, se admitíssemos que já não temos mais os milagres como antes?

Eis a questão: Os verdadeiros milagres atraem, glorificam a Deus e transformam as pessoas. Os falsos servem apenas para exaltar os homens e escravizar as pessoas. Precisamos fugir dessas mentiras.

Minha proposta com essa reflexão tem dois objetivos. Primeiro, ninguém precisa viver uma mentira para crer que Deus ainda é Deus e ainda faz milagres se desejar. Segundo, precisamos buscar o verdadeiro poder de Deus para que os seus milagres voltem a ser frequentes entre nós. Assim vai ser bem melhor.

 

 

Deixe uma resposta