Eliana Ovalle, Fala sobre o Chá das Mulheres na SBB e o trabalho  ‘Mulher que Faz ’

DSC_9096 (2)

Eliana Ovalle durante apresentação do Festival Nacional de Cinema Cristão

A atriz e apresentadora Eliana Ovalle , recentemente, lançou o livro“Encontro das Barrigas” juntamente com Sylvia Crivella, ambas são fundadoras da ONG “Mulher que Faz” um trabalho que dar apoio a gestantes adolescentes carentes , em entrevista para Destake News Gospel, Eliana contou  sobre o trabalho .

Sylvia Jane Crivella, mulher do Ministro Marcelo Crivella, um grupo de mulheres e eu fundamos uma ONG para dar apoio a meninas grávidas, o Grupo Mulher que Faz. Nosso trabalho inicial foi apoiar gestantes adolescentes carentes.

E minha querida amiga Sylvia Jane teve a idéia de escrever esse livro sobre a realidade destas meninas que engravidam antes da hora. Bem, ela me convidou para escrever com ela. A mensagem é que há sempre uma saída, há sempre uma esperança.

Revela um universo que muitas vezes não percebemos ou sequer imaginamos. Um mundo de crianças-meninas, prisioneiras de ilusões, sonhadoras de um conto de fadas que se dissolve quando o príncipe, ao invés da perspectiva de um reino suave, se vai e deixa feridas na alma, marcas indeléveis de amores frustrados. Desencantadas, tornam-se futuras mães meninas, abandonadas, levando no ventre o fruto de um amor fracassado. O Encontro das barrigas também fala do grande dilema destas meninas que, por uma razão ou por outra, se viram diante de uma nova situação: ter ou não ter, ou parodiando Shakespeare, ser ou não ser mãe de verdade. Informou Eliana.

Eliana também já atuou na TV brasileira em humorísticos como, os Trapalhões e Chico Anysio Show, e em telenovelas como Um Sonho a Mais, Ti Ti Ti, O Outro, entre outras na Rede Globo. E na extinta Rede Manchete atuou na novela Tocaia Grande. Apresentou em 2003 o programa Notorious na Rede Record e em 2002 o programa Hora do Café na Band.

Além de ser uma guerreira na luta contra os menos favorecidos, Eliana também deixou um marco na TV Brasileira como apresentadora no programa “Antes e Depois”, primeiro programa de TV interdenominacional religioso do Brasil, entre várias atribuições, Eliana organiza mensalmente um Chá para Mulheres, um magnífico trabalho realizado na SBB (Sociedade Bíblica do Brasil), o convite aconteceu em 2009 quando Pastor Marcus Batista, da diretoria da SBB , pediu para Eliana estar à frente do trabalho que acontece todas as últimas quintas feiras de cada mês, o chá é organizado em duas partes, na primeira parte tem louvor e ministração da Palavra, e na outra o chá propriamente dito. O objetivo do evento é reunir mulheres para um momento de confraternização em prol o reino Deus.

ENTREVISTA /

1 Destake News Gospel -Psicóloga, atriz, apresentadora, escritora, além de tantas atribuições e talentos, hoje a Eliana Ovalle também organiza um grande trabalho, realizado mensalmente na SBB, que é o Chá para Mulheres, qual o objetivo desse Chá? Fale um pouco mais desse magnífico trabalho?

Eliana Ovalle- Chá das mulheres da Sociedade Bíblica do Brasil acontece todas as últimas quintas feiras de cada mês, desde 2009, quando o Pastor Marcus Batista, da diretoria da SBB, me convidou para estar à frente desse trabalho. Ele sempre diz que a SBB era somente azul, e que precisava dos tons de rosa, aí pensou em mim. Confesso que fiquei muito feliz e, ao mesmo tempo, meio assustada com o convite. Mas na mesma hora disse eis me aqui. E Deus tem abençoado. De lá pra cá cerca de 60 palestrantes (entre pastoras, missionárias, obreiras) já apresentaram a Palavra de Deus e aproximadamente 300 levitas louvaram. O chá tem dois tempos. Na primeira parte é tempo de louvor e de pregar a Palavra. Na segunda parte há o chá propriamente dito, sempre com muito bolo, sanduiches e refrigerantes para quem preferir. Esse lanche delicioso é oferecido pela querida irmã Carmen Lucia Ramos, que colabora conosco desde o início. . O objetivo desse encontro é o de reunir mulheres para um momento de confraternização em torno do nosso Deus. A cada encontro a palestrante do dia recebe de presente uma Bíblia da Mulher da SBB. Uma bênção! A entrada é franca. Nosso próximo encontro será no dia 27 de março às 16h. A SBB fica na Rua Buenos Aires 135, centro terceiro andar.

2 Destake News Gospel – Como apresentadora, deixou um marco na TV Brasileira, falando de assuntos relevantes no programa ”Antes e Depois”  primeiro programa evangélico com variedades em Rede Nacional. Qual experiência mais marcou sua carreira durante este momento? Pretende retornar como apresentadora de TV? 

Eliana Ovalle- O Antes e Depois foi o primeiro programa de TV interdenominacional religioso do Brasil, que marcou época. Batistas, assembleianos, presbiterianos, metodistas, membros da Universal, da Maranata, rabinos, padres católicos, todos tinham vez e voz no meu programa. Àquela época já acreditava que o importante era levar a Palavra ao maior número de pessoas possível. Cumprir o Ide através das ondas da TV. Eu sabia que podia chegar a muita gente. E chegávamos. Dávamos uma bela audiência. Milhões de pessoas em todo o Brasil nos prestigiavam assistindo ao programa. O que mais me marcou era saber que o programa abençoava muitas vidas, trazia esperança aos desesperançados, trazia inspiração e coragem aos desmotivados, força e fé para quem estava deprimido, valores e bons costumes às famílias. E a saída dele do ar por questões que passavam por uma perseguição política, não somente me marcou, mas também à maioria dos telespectadores.

Tenho sim muita vontade sim de voltar à TV.

3-Destake News Gospel- Recentemente lançou o livro, “Encontro das Barrigas” juntamente com Sylvia Crivella, qual a mensagem do livro, e como surgiu a idéia desse projeto? 

Eliana Ovalle- Sylvia Jane Crivella, mulher do Ministro Marcelo Crivella, um grupo de mulheres e eu fundamos uma ONG para dar apoio a meninas grávidas, o Grupo Mulher que Faz. Nosso trabalho inicial foi apoiar gestantes adolescentes carentes.  E minha querida amiga Sylvia Jane teve a idéia de escrever esse livro sobre a realidade destas meninas que engravidam antes da hora. Bem, ela me convidou para escrever com ela. A mensagem é que há sempre uma saída, há sempre uma esperança. Revela um universo que muitas vezes não percebemos ou sequer imaginamos. Um mundo de crianças-meninas, prisioneiras de ilusões, sonhadoras de um conto de fadas que se dissolve quando o príncipe, ao invés da perspectiva de um reino suave, se vai e deixa feridas na alma, marcas indeléveis de amores frustrados. Desencantadas, tornam-se futuras mães meninas, abandonadas, levando no ventre o fruto de um amor fracassado. O Encontro das barrigas também fala do grande dilema destas meninas que, por uma razão ou por outra, se viram diante de uma nova situação: ter ou não ter, ou parodiando Shakespeare, ser ou não ser mãe de verdade.

4 Destake News Gospel – Medalha Chiquinha Gonzaga, fale desse importante  momento?

Eliana Ovalle -Pra mim é uma honra ter sido indicada pelo Vereador João Mendes de Jesus, para receber a medalha Chiquinha Gonzaga que foi uma pioneira, uma transgressora. Ela foi a primeira compositora da música popular brasileira, autora de mais de mil composições. Mas Chiquinha Gonzaga foi mais que compositora. Foi uma guerreira que desafiou toda sorte de preconceito e lutou com todo empenho pela abolição da escravatura no Brasil. Chiquinha experimentou, sem preconceitos, todos os gêneros musicais que encontrou. Fez polca, marcha, chorinho. Enfim, deixou uma obra memorável. A mais conhecida é a famosa Ó abre alas que eu quero passar, uma espécie de hino do carnaval.

A minha moda, do meu jeito, também me considero pioneira, sem nem de longe fazer o que Chiquinha fez. E por isso sinto-me muito honrada com essa condecoração oferecida pelo vereador João Mendes de Jesus.

5 Destake News Gospel -Sabemos que já morou na Europa, (Paris) e é apaixonada pela cultura e o lugar, fale um pouco dessa experiência.

Eliana Ovalle- Sempre tive afinidade com a França e tudo que dizia respeito. Cursei a Aliança Francesa.  Fui para lá bem jovem, me casei e tive minha filha Bianca Joy que também é atriz e tem dupla nacionalidade. Durante dez anos morei em Paris. É uma história de amor que eu não posso explicar muito bem. É o ar de Paris, o cheiro dos croissants no período da tarde, as lojas de queijos, os cafés, os museus, o rio Sena, as lojas de perfume.  Eu sempre gostei de caminhar nos dias fresquinhos às margens do Sena, de atravessar a ponte Alexandre III, andar perto da Praça da Madeleine, onde estão as famosas casas de chá.  Não importa a hora, durante o dia em Paris tem sempre um café aberto.  Lá estudei e fiz teatro. Fui protagonista de uma peça de Louis Verneuil, “Ma Cousine de Varsovie”. E por causa desse trabalho recebi uma medalha da Societé d’Encouragement au Progrès e o convite para ser a delegada geral para o Brasil. O que consiste alem de outras coisas de indicar anualmente nomes de cidadãos que colaboram para o progresso do Brasil a serem homenageados no Senado Frances em Paris.

Tenho até uma página no face para os que curtem Paris:

https://www.facebook.com/pages/Paris-et-moi-un-cas-damour/610349272344415

6 Destake News Gospel -Além dos projetos realizados neste ano, qual a expectativa?  Tem mais novidades para 2014? 

Eliana Ovalle-  expectativa de chegar ao final do ano e poder dizer até aqui me ajudou o Senhor. Saber que pude cumprir o meu chamado, que cultivei as minhas amizades, que consegui me aperfeiçoar em algo que gosto, que pude ajudar a alguém que precisasse. Tenho meus sonhos e  projetos que entreguei nas mãos de DEUS.

Por Cláudia Caputi 

Deixe uma resposta