AMOR E ORGULHO

Dr. Silmar Coelho é casado com Janice Coelho há mais de 38 anos. É pai de 4 filhos, Tiago, Filipe, Lucas e Cristine. Avô de 8 netos, Ana Lia, Giovanna e Serena, Pedro Filipe e Arthur, Luka, Lis e Leo. Tiago e Lucas são pastores.

Dr. Silmar Coelho é casado com Janice Coelho há mais de 38 anos. É pai de 4 filhos, Tiago, Filipe, Lucas e Cristine. Avô de 8 netos, Ana Lia, Giovanna e Serena, Pedro Filipe e Arthur, Luka, Lis e Leo. Tiago e Lucas são pastores.

Orgulho e amor são incompatíveis. O orgulho não leva a nada; pelo contrário, apenas destrói casamentos, amizades, e ministérios. A queda e a confusão sempre vêm precedidas pelo orgulho (Provérbios 16.18). Aí do orgulhoso, porque quando cair, não haverá quem o levante (Jeremias 50.32). No amor e ministério não pode haver lugar para orgulho. Quem teimar, vai sofrer e fazer os outros sofrerem (Provérbios 13.10).

 “O orgulhoso, dificilmente, encontrará Deus. O orgulho o mantém tão ocupado, olhando para baixo que não impermutável enxergar o que está acima dele” (C. S. Lewis). Deus resiste ao orgulhoso, mas dá graça aos humildes (Tiago 4.6). Logo, a ausência de Deus o desabilita alcançar e oferecer felicidade. Aprendi que é melhor perder o orgulho com alguém que amo, do que perder quem amo por causa do orgulho. Orgulho e infelicidade não se dão bem, mas quase sempre moram juntos. Cuidado! Satanás foi expulso do céu por causa do seu orgulho. Como ele, o orgulho pode conduzir muita gente para longe de Deus, para um lugar sem volta, lugar de solidão, e completa angústia.

Romanos 12:16-18

 “Tenha o mesmo sentimento uns para com os outros; em lugar de seres orgulhosos, condescendei com o que é humilde; não sejas sábios aos teus próprios olhos. Não tornes a ninguém mal por mal; esforça-te por fazer o bem perante todos os homens; se possível, quanto depender de ti, tenha paz com todos os homens.”

Deixe uma resposta