Ideologia de Gênero, o absurdo que ameaça as crianças nas escolas.

Foto - Alexandre Isquierdo - PlenárioPrecisamos trabalhar em defesa das famílias, contra a erotização das crianças. É abusivo ministrar esse tipo de assunto para crianças nas escolas. É a violação da dignidade humana das crianças, a violação dos direitos da família, além da violação dos direitos dos professores, que em sua esmagadora maioria são contrários ao conteúdo contido no material escolar distribuído pelo governo federal.

Os educadores não possuem legalidade para falarem em sala de aula sobre o tema da sexualidade para crianças. A autoridade da educação das crianças é exclusiva dos pais.

Isso é um desrespeito à democracia. Não se trata de uma opinião isolada. Estamos falando de lei e podemos demonstrar com o seguinte embasamento: artigo 229 da constituição: os pais tem o dever se assistir, criar e educar os filhos menores; artigo 12, parágrafo 4 da Convenção Americana dos Direitos Humanos: os pais tem direto a que seus filhos recebam a educação moral e religiosa que esteja de acordo com suas próprias convicções; art. 79 do Estatuto da Criança e do Adolescente: as revistas e publicações destinadas ao público infanto-juvenil (…) deverão respeitar os valores éticos e sociais da pessoa e da família.

Os defensores da Ideologia de Gênero querem enfraquecer a família, o último reduto de autoridade do cidadão. O objetivo é tirar todo o poder da família, deixando a porta aberta para o sexo bestial, a pedofilia e o homossexualismo.

Acaba de chegar na Câmara Municipal do Rio o Plano Municipal de Educação, que definirá as metas da educação pelos próximos 10 anos. Acredito que com o nosso trabalho na luta pelos direitos das crianças, teremos o mesmo êxito obtido na Câmara Federal, que extinguiu definitivamente a Ideologia de Gênero e sexualidade do Plano Nacional de Educação.

One Comments

  • João 06 / 10 / 2016 Reply

    Realmente é um absurdo, querem impor a ideologia da pederastia!
    Quem é competente para dizer sobre esse tema é unicamente exclusivamente a GENÉTICA, ordem cromossômica XX para mulher, xy para homem e isso nenhuma plástica ou alteração hormonal muda!
    O que sociólogos estão tentando fazer beira ao absurdo, falta de ética! CRIME contra a família!

Deixe uma resposta