Duque de Caxias sedia 1° Fórum da Mulher Cristã do Rio de Janeiro

13329442_1703937703199474_5549473942198172640_oAbordando o tema: O perfil da Mulher Cristã, como se forma, deforma e transforma, foi realizado o 1°Fórum da Mulher Cristã do Rio de Janeiro, promovido pelo DEFADERJ –( Departamento feminino das Assembleias de Deus do Estado do Rio de Janeiro), o evento aconteceu no sábado (28), no auditório da Unigranrio no município de Duque de Caxiais – Rj.

As palestras abordaram: Responsabilidade Social, o Período do Elitismo Religioso, e Crise de identidade, como conciliar, Família, Religião e Trabalho, também foram outros pontos abordados.

Na abertura do encontro,a presidente do Defaderj Missionária Dulcilene Mendes iniciou com oração e deixou para meditação o texto bíblico de Fp. 4:13. Após, a Missionária Andréa Furtado, fez a apresentação do comitê organizador do fórum, que foi formado por mulheres de várias denominações e especializadas nas áreas de Direito, Pedagogia, Psicologia, entre outras.13316864_1703938869866024_1068578724014541017_o

13346454_1703938259866085_6011820981057220129_n

Dulcilene Mendes Aragão( Coordenadora do Fórum , Missionária e Presidente do Defaderj)

A mesa de abertura do evento foi composta por: Pr. Jornas Francisco de Paula (Presidente da Comaderj), Dra. Noêmia de Paula (Missionária), Dulcilene Mendes Aragão (Coordenadora, Missionária e Presidente do Defaderj), Andréa Furtado (Missionária e Coord. Geral do Defaderj), Maria José Vieira (Coordenadora do Projeto Desperta Débora da região sudeste), Pr. Acyr Júnior (Coordenador Regional da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), e membro da Academia Evangélica de Letras), Dra. Cátia Cilene (Psicóloga, Psicanalista, Teóloga e Palestrante),e Dra. Eunice Oliveira ( Advogada atuante na área Cível e família ).

13308290_1703939626532615_1974012699554804535_o

Jornas Francisco de Paula ( Presidente da Comaderj)

O Fórum recebeu lideranças de outros estados e países , também esteve presente o Pr. Jonas Francisco de Paula (Presidente do Comaderj, Noêmia de Paula e Cândida de Paula (Vice-presidente do Defaderj). A primeira palestra foi realizada pela Missionária Maria José, Coordenadora do Projeto Desperta Débora “Somos a pedra fundamental para a sustentação da família, a mulher muitas vezes é o equilíbrio entre o marido e os filhos”, Relatou.

Falando sobre o perfil e o histórico da mulher, Dra. Cátia Cilene durante a segunda palestra, citou alguns tipos de crises e orientou como superá-las.

“Como se forma, deforma e transforma”o caráter da mulher Cristã, dentro da temática do Fórum, o Pr. Acyr Junior Coordenador Regional da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) foi responsável pelo resumo dos temas abordados, destacando a imagem da mulher na ótica de Jesus.

Após o intervalo para o almoço, na segunda parte do evento, o Pr. Anderson Leite Coordenador do Projeto Ide Missões, dentro de suas experiências e conhecimento, falou sobre responsabilidade social na terceira e última palestra.

Atuante no processo civil e direito da família, a Dra. Eunice Oliveira, falou sobre a responsabilidade da mulher na função secular.

“A 1ª responsabilidade da mulher é dentro de sua casa”, iniciou. Em entrevista, Dra Eunice também falou sobre a importância da realização do Fórum. “Esse Fórum abre uma porta muito grande, porque aquelas mulheres que estavam no anonimato, mulheres que pensavam que não tinham perspectivas de se levantarem, hoje neste fórum as mulheres viram o quanto é importante elas trabalharem, principalmente as mulheres evangélicas em que ficaram muito tempo sem oportunidades, hoje neste fórum, elas começam a ter uma nova perspectiva, ter uma nova esperança para o futuro, este fórum foi um estímulo para a mulher poder saber que ela é capaz de fazer muitas coisas”, relatou.13319948_1703939019866009_6302458234518095393_n

O Fórum teve o objetivo de criar uma Comissão Feminina, como porta voz à frente dos direitos das mulheres da classe evangélica junto ao poder público como instrumento nos direitos ÉTICO E RELIGIOSO.

Também foram apresentadas metas e desafios. A Missionária Dulcilene Mendes, Coordenadora do evento em entrevista falou sobre as propostas: “O fórum nasceu segundo o coração de Deus, a meta que ardeu em nosso coração é a responsabilidade social”. Estamos criando hoje uma rede de mulheres voluntárias, com psicólogas, professoras, advogadas, para atendermos a demanda iniciando por nossas denominações. Outro desafio é a criação da casa ao apoio para mulheres, oferecendo suporte contra a violência e também apoio nas áreas : jurídica, social, psicológica e aconselhamento,e o trabalho de evangelização infantil”, Declarou.

O 1º fórum da Mulher Cristã do Rio de Janeiro, finalizou com seu objetivo atingido, mulheres conscientizadas das suas responsabilidades no lar, motivadas e  com mentes renovadas, assumiram o compromisso de serem também instrumentos para sociedade . Confira mais fotos aqui

Deixe uma resposta