Bíblia Sagrada: 1º lugar no ranking dos livros mais marcantes e lidos do País

A pesquisa do Ibope, encomendada pelo Instituto Pró-Livro, registrou que 50% das pessoas que não estão estudando e 31% dos estudantes entrevistados citaram a Bíblia Sagrada como o “gênero” de livro mais lido.

 

A Bíblia Sagrada continua sendo o livro mais lido, em qualquer nível de escolaridade. Esse é o resultado da 4ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, que destaca o Livro Sagrado em primeiro lugar nas listas entre os “livros mais marcantes” e os “últimos livros mais lidos”. Este é o terceiro ano consecutivo em que a Bíblia aparece nesta colocação.

No “gênero” de livro que mais costuma ser lido, a Bíblia foi citada por 50% das pessoas que não estão estudando e por 31% das que estão estudando. Nesta pesquisa, foi registrado, ainda, que entre as “principais motivações para ler um livro” estão os motivos religiosos (11%). Já o “local preferido para comprar livros”, 44% dos entrevistados preferem a livraria física, 19% pelas bancas de jornal e revista, 15% pelas livrarias online e 9% preferem as igrejas e outros espaços religiosos.

Desenvolvida pelo Ibope, sob encomenda do Instituto Pró-Livro (IPL), entidade mantida pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares (Abrelivros), a pesquisa foi anunciada durante seminário, realizado em 18 de maio, em São Paulo. Foram entrevistadas 5.012 pessoas.

No ano passado, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), distribuiu 7.622.674 Bíblias. O número representa um aumento de 0,13% em relação ao ano anterior. “A Bíblia Sagrada é o livro mais lido, traduzido e distribuído de todos os tempos. Essa pesquisa reforça a importância que a Palavra de Deus tem na vida das pessoas. Ela é fonte de orientação e conforto. Além disso, seus ensinamentos têm aplicação para todos os momentos da vida”, analisa o secretário de Comunicação, Ação Social e Arrecadação da SBB, Erní Seibert.

Para incentivar o hábito da leitura e fazer com que cada vez mais pessoas tenham acesso à Palavra de Deus, a SBB realiza uma série de programas. Entre eles, destaca-se o movimento “A Bíblia em Cada Casa”, que tem o desafio de colocar, até 2050, a Bíblia nos cerca de 50 milhões de lares brasileiros. Outro importante programa é o “Clube Uma Bíblia por Mês”, que reúne pessoas que se dispõem a doar, mensalmente, o valor de um exemplar da Bíblia Sagrada. Os recursos arrecadados permitem levar a Bíblia para pessoas que ainda não possuem um exemplar.

Mais dados da pesquisa

A pesquisa do Instituto Pró-Livro aponta também um aumento no número de leitores no País. Em 2011, registrava 50% da população, e em 2015 chegou a 56%. O resultado mostrou que o leitor brasileiro lê 4,96 livros por ano, sendo 0,94 indicados pela escola e 2,88 lidos por vontade própria. Na edição anterior da pesquisa, a média era de quatro livros lidos por ano e a Bíblia Sagrada também ficou em primeiro lugar na lista de preferência dos leitores.

Fonte : SBB

Deixe uma resposta