Alergia, ou intolerância alimentar?

Dr. Edésio Pires

Amigo(a) leitor(a), hoje estaremos comentando, resumidamente, uma dúvida muito freqüente em nosso consultório sobre a “alergia” alimentar. Vamos procurar aqui fazer distinção entre alergia e intolerância alimentar.

Alergia alimentar é uma reação alérgica a um alimento em particular. Intolerância alimentar é uma doença muito mais comum e não é uma reação alérgica, porém constitui um efeito indesejável causado pela ingestão de um determinado alimento. Algumas pessoas não toleram determinados tipos de alimento, por não possuírem as enzimas necessárias para digeri-los e não por serem “alérgicas”.

Quando o sistema digestório não consegue tolerar tais alimentos, surgem então as dores abdominais, gases, diarreia, náuseas, vômitos, enfim, perturbações gastrointestinais das mais variadas ordens. Geralmente, as reações alérgicas não são responsáveis por esta situação. Ainda existe muita controvérsia sobre este assunto, e novas pesquisas esclarecedoras estão avançando a cada dia. Comumente, as primeiras manifestações da alergia alimentar surgem na infância quando há casos familiares de doenças como rinite alérgica, ou asma alérgica, dentre outras.

Algumas pessoas sofrem reações alérgicas graves, devido a potentes substâncias alérgicas contidas nos alimentos, em especial as nozes, os legumes, os mariscos e as sementes, por exemplo. Ainda não há outro tratamento específico para as alergias alimentares, senão deixar de ingerir os alimentos que as desencadeiam.

Os indivíduos gravemente alérgicos que sofrem erupções, edema (urticária) dos lábios e da garganta e que podem mesmo não conseguir respirar, devem tomar a precaução de evitar os alimentos que os afetam. Evite comidas com preparo desconhecido, procure um médico para o tratamento e orientação.
Seu médico,seu amigo.Edesio Pires Ribeiro Jr._
HYPERLINK “mailto:dredesio@gmail.com” _dredesio@gmail.com_

Deixe uma resposta